Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
BOLETIM ELETRÔNICO Nº 529 19/06/2017

 

Boletim Eletrônico Nº 529 Ano 11 - 19/06/2017

 

Presidente do Cremego fala à imprensa sobre o atendimento pediátrico em Goiânia

Em reportagem do jornal O Popular, publicada nesta segunda-feira (19), e em entrevista à TV Anhanguera, que será veiculada ainda hoje, o presidente do Cremego, Leonardo Mariano Reis, falou sobre as denúncias de falhas no atendimento pediátrico na rede pública municipal de saúde em Goiânia, que têm sido constantemente veiculadas pela imprensa. De acordo com o presidente, Goiás tem atualmente cerca de 900 pediatras ativos e aproximadamente 600 deles em atuação na capital.

 

“Não há falta de pediatras”, afirmou, ressaltando que o que falta é a correta gestão pela Secretaria Municipal de Saúde da assistência médica nesta especialidade. Leonardo Reis observou que a secretaria não tem conseguido atrair especialistas em pediatria para seu quadro médico. Entre os fatores estão as condições de trabalho e baixa remuneração. Para piorar o quadro, a pasta ainda reduziu o atendimento pediátrico, hoje restrito a unidades que não conseguem atender toda a demanda da capital e de cidades vizinhas que buscam assistência na rede goianiense.

 

Segundo Leonardo Reis, o quadro de pediatras da Secretaria Municipal de Saúde até pode estar completo, como alega a pasta. “Mas, é insuficiente para atender a demanda. São necessários mais médicos e mais unidades de atendimento em pediatria”, afirmou, enfatizando que a secretaria precisa contratar mais especialistas e estender o atendimento a outras unidades.

 

Combate ao exercício ilegal da medicina e à falsificação de atestados médicos é discutido entre o Cremego e a Polícia Civil

Buscando intensificar o combate ao exercício ilegal da medicina e à falsificação de atestados médicos em Goiás, o presidente do Cremego, Leonardo Mariano Reis, reuniu-se com o delegado Geral da Polícia Civil no Estado, Álvaro Cássio dos Santos. Na reunião, que teve também a participação da assessora Jurídica do Cremego, Cláudia Zica, e do gerente de Planejamento Operacional da Polícia Civil, Gustavo Carlos Ferreira, foi definido que o Conselho fará um levantamento de todos os casos relacionados ao exercício ilegal da medicina registrados em 2016 e 2017 e encaminhará o resultado à Polícia Civil, que deverá deflagrar uma operação para o combate a esse crime. Em relação aos atestados médicos falsificados, foi acordada a abertura de um canal direto de comunicação entre o Cremego e a Superintendência de Polícia Judiciária para o encaminhamento de denúncias.

Cremego e CRC-GO vão orientar médicos e contabilistas sobre “pejotização”

 

Dando sequência às reuniões com entidades de vários setores para o debate da “pejotização” dos serviços médicos, o presidente do Cremego, Leonardo Mariano Reis, reuniu-se com o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Goiás (CRC-GO), Edson Bento dos Santos. Acompanhado pelo superintendente do Cremego, Thiago Elias, e da coordenadora de Departamento de Registro, Samira Martins, Leonardo Mariano Reis abordou o registro contábil nas empresas da área médica.

Os dois presidentes aprovaram a realização de um workshop a fim de orientar médicos e contabilistas que prestam serviços à área médica sobre o assunto, que já foi discutido por Leonardo Mariano Reis com a Receita Federal e com o Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região/Goiás. Desde que tomou posse, em fevereiro, o presidente do Cremego tem também alertado a classe médica sobre os impactos da contratação de médicos como pessoa jurídica para a prestação de serviços em Organizações Sociais, unidades públicas e privadas de saúde. O Cremego ressalta que a “pejotização” pode implicar perdas de benefícios trabalhistas, como o recebimento de 13º salário e o direito a férias anuais, e ainda pode levar à punição do contratante e do profissional contratado.

 

Comissões de Ética Médica serão empossadas na quarta-feira

Nesta quarta-feira, 21 de junho, o Cremego vai empossar os médicos eleitos para as Comissões de Ética Médica de hospitais de Goiânia. A solenidade será às 19 horas, na sede do Cremego, e vão ser empossadas as comissões eleitas pelo corpo clínico do Centro Médico Vitória, Hospital de Acidentados, Hospital Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi, Hospital Goiânia Leste, Hospital Infantil de Campinas, Hospital Multi Especialidades, Hospital Santa Maria, Hospital São Francisco de Assis, Serviço de Atendimento Unimed I, Hospital do Coração Anis Rassi, Centro Clínico Unimed, Hospital e Maternidade Santa Bárbara, Instituto de Neurologia de Goiânia, Hospital Ruy Azeredo, Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, Sempremed - Serviços em Diagnósticos Médicos.

 

AGENDA

 

Fórum de Imersão em Segurança em Cirurgias Eletivas será realizado no dia 24 pela SBCP-GO

Com o objetivo de debater a situação atual das cirurgias eletivas em Goiás e apresentar aos médicos goianos propostas que contribuam para melhorar de modo efetivo a assistência aos pacientes e a segurança nestes procedimentos, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica – Regional Goiás (SBCP-GO) vai promover no próximo dia 24 de junho, sábado, a partir das 8 horas, um grande Fórum de Imersão em Segurança em Cirurgias Eletivas, no Castro's Hotel.

Aberto a médicos de todas as especialidades, o evento vai reunir a diretoria da SBCP-GO, representantes do Cremego, Associação Médica de Goiás (AMG), Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahpaceg), Associação dos Hospitais do Estado de Goiás (Aheg), Sociedade de Anestesiologia do Estado de Goiás (Saego) e autoridades na área de segurança em cirurgias de todo o Brasil, que vêm se destacando por trabalhos realizados, especialmente em São Paulo, Brasília e Minas Gerais em entidades como o Hospital Sírio Libanês, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Mater Dei, HC-USP, Hospital São Paulo, USP e UNIFESP.

A SBCP-GO conta com a participação da classe médica goiana neste fórum que deve ser um marco na construção de um novo e mais seguro cenário na área de cirurgias eletivas em Goiás. As inscrições são gratuitas e os interessados podem se inscrever pelo telefone (62) 3241-4542 (período vespertino) e no próprio local do evento. 

 

Fórum nacional do CFM vai discutir segurança do paciente

 

O Conselho Federal de Medicina (CFM) realizará, no dia 4 de julho, em Brasília, o I Fórum de Segurança do Paciente, cujo objetivo é debater propostas que melhorem a proteção do paciente em todo o País. A programação prevê discussões sobre o conceito do tema, a formação e a visão médica sobre segurança do paciente. O coordenador da Câmara de Segurança do Paciente do CFM, conselheiro Jorge Curi, acredita que o encontro é uma oportunidade para troca de experiências entre os profissionais da área de saúde. “Os hospitais, principalmente àqueles que passam por processos de acreditação, têm sido cobrados a reduzir os eventos adversos. Temos de disseminar essa cultura da segurança do paciente para que os hospitais ofereçam uma assistência qualificada e segura”, defendeu.
 
Além de membros do CFM, estão previstos para o debate, representantes da Associação Médica Brasileira (AMB), do Comitê de Implantação do Núcleo de Segurança do Paciente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), dos hospitais Israelita Albert Einstein (SP), Pequeno Príncipe (PR), Regional do Baixo Amazonas (AM) e do Grupo Hospitalar Conceição (RS). Clique aqui e saiba mais.

 

 

Hospital Santa Helena convida neurologistas e neurocirurgiões para palestra

O Hospital Santa Helena, que comemora 60 anos de fundação em 2017, está convidando os médicos neurologistas e neurocirurgiões para a palestra Novidades e Avanços no Tratamento do Acidente Vascular Cerebral Isquêmico, que será ministrada no dia 28 de junho, às 20 horas, na Maison Florency, pelo professor doutor Octávio Pontes Neto. Na oportunidade, será inaugurado o Protocolo Gerenciado da Unidade de AVC do hospital. Para mais informações, ligue 62 32199165.

 

PARECERES

 

Parecer do Cremego trata do recebimento de presentes pelos médicos

O Parecer Consulta número 8/2017 do Cremego, elaborado pelo conselheiro Flávio Cavarsan, trata do recebimento pelos médicos de presentes e doações feitas por pacientes. O conselheiro parecerista afirma que o recebimento de presentes poderá ser considerado delito ético sujeito a punições se for comprovado o aproveitamento de situações decorrentes da relação médico paciente para a obtenção de vantagens financeiras (doações ou não). Leia mais.

 

 

Parecer Consulta Nº 02/2017 - “O médico pode indicar o serviço onde o paciente deverá realizar determinado exame, entretanto, não pode sugerir para o paciente atendido no SUS um local na rede privada para a realização dos seus exames quando estes exames não forem realizados pelo SUS”. É o que diz o Parecer Consulta Nº 02/2017, assinado pelo conselheiro e presidente do Cremego, Leonardo Mariano Reis. Para conferir o texto completo deste parecer, clique aqui.

 

 

Confira outros pareceres do Cremego na próxima edição do informativo Cremego em Revista, que circulará em julho, ou acesse o site do Conselho: www.cremego.org.br.


 

Boletim Eletrônico Ano 11 Nº 529 19/06/2017
Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego)
Presidente: Dr. Leonardo Mariano Reis
Edição: Rosane Rodrigues da Cunha - MTb 764 JP
Assessora de Comunicação - Cremego
www.cremego.org.br 
  Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  (62) 3250 4900

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2016 - o site do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás -Todos os direitos reservados
Rua T - 28 N° 245 - Qd. 24 - Lote 19 E 20 - Setor Bueno - Goiânia - GO | Cep: 74210-040 | Fone: (62) 3250-4900 | Fax: (62) 3250-4949 | E-mail - cremego@cremego.org.br
Entrada de Eventos - Rua T-27 Nº 148 - Qd 24 - Lote 12 E 13 - Setor Bueno - Goiânia - GO | Cep: 74210-030 | Horário de funcionamento: Segunda a Sexta - 08h00 às 18h00