O Simego convoca os médicos vinculados à Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia para a Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que poderá votar um indicativo de GREVE. Participe!

Data: 17 de agosto de 2011 (quarta-feira)

Horário: 19 horas

Local: Auditório do Cremego – Rua T-27, número 148, Setor Bueno (entrada de eventos)

Pauta: Avaliação da resposta da SMS sobre a pauta de reivindicações dos médicos, que inclui o pagamento do piso salarial da Fenam, fim dos vínculos precários de trabalho, revogação imediata do escalonamento, melhoria da segurança e das condições de funcionamento das unidades e outros itens relacionados à remuneração e às condições de trabalho.

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES À SECRETARIA MUNICIPAL de SAUDE de GOIÂNIA

 

1.    REMUNERAÇÃO

a.     Piso Salarial da Fenam (R$ 9.188,22), como salário base para uma jornada de 20 horas/semanais, para todos os médicos que atuam na Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, imediatamente;

b.     Fim do vínculo precário, que atualmente tira dos médicos os mais básicos dos direitos do trabalhador brasileiro, tais como férias, 13º salário e licença para tratamento de saúde;

c.      Isonomia salarial para todos os médicos que trabalham na SMS;

 

2.    MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

 

a.   Revogação imediata do escalonamento da agenda de atendimentos;

b.   Participação dos médicos no agendamento de seus pacientes;

c.   Permitir o repouso dos médicos em momentos próprios;

d.  Completar o quadro de médicos nas unidades onde existe déficit;

e.  Implantar em todas as unidades de saúde um serviço de segurança para os médicos e demais funcionários;

f.      Adequação da estrutura física das unidades. É considerada adequada apenas a do Cais de Campinas;

g.     Prover todas as unidades de mobiliário adequado;

h.     Fim do desabastecimento de medicamentos em todas as unidades;

i.      Prover todas as unidades de equipamentos essenciais, inclusive aqueles destinados aos atendimentos às urgências;

j.       Construir ou contratar UTIs, ao invés de mascarar a deficiência com a instalação em quatro Cais, de forma inadequada, como foi anunciado, de ambientes para espera de vagas em UTIs;

 

3. DIRETORIA TÉCNICA

a. Nomeação de médicos para as diretorias técnicas de todas as unidades de assistência médica, de acordo com a Resolução CFM 997/1980 e Decreto Federal nº 20.931/32.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.