O médico que trabalha em órgãos públicos deve informar ao empregador o pagamento da contribuição em favor do Simego

 

Os médicos goianos têm até o dia 28 de fevereiro, segunda-feira, para pagarem ao Sindicato dos Médicos do Estado de Goiás (Simego) a contribuição sindical deste ano. O pagamento anual, de acordo com a CLT, é devido por todos os profissionais, independentemente de serem ou não filiados ao sindicato da categoria.

Os médicos contratados por empresas ou órgãos públicos, como as Secretarias Estadual e Municipais de Saúde, devem encaminhar ao Departamento de Recursos Humanos desses órgãos a cópia de quitação da contribuição sindical e uma declaração de opção pelo recolhimento do tributo em favor do Simego.

Essa medida é necessária para evitar a duplicidade da cobrança, com o desconto da contribuição do salário do médico pelos órgãos empregadores em favor de outros sindicatos, como o Sindsaúde.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.