A chegada do mês de dezembro fez aumentar a preocupação do Cremego com as condições de atendimento nas unidades públicas de saúde goianas, que enfrentam uma grave crise de desabastecimento, déficit de pessoal e falhas no funcionamento.

É que tradicionalmente, neste período de férias e de festas de Natal e Ano Novo, é registrado um aumento considerável na procura pelos serviços de saúde, principalmente por parte de vítimas de acidentes de trânsito, ferimentos por armas e outros.

Visando garantir a assistência a esses pacientes, o Cremego enviou ofícios ao secretário Estadual de Saúde e aos secretários Municipais de Saúde de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis – cidades que registram maior demanda -, solicitando que preparem as unidades de saúde para esse aumento.

Nos ofícios, o Conselho alerta os secretários sobre a necessidade urgente de substituição ou reparo dos equipamentos danificados, aquisição de aparelhos em falta e a compra de medicamentos e materiais para os atendimentos ambulatoriais e cirúrgicos, principalmente nos setores de urgência e emergência clínicas e traumáticas.

O Cremego também orienta os secretários a ficarem atentos às escalas de plantões médicos a fim de evitar a falta desses profissionais. “Houve uma redução no quadro de pessoal da rede pública de saúde com o pedido de afastamento de cerca de 20% dos médicos, inclusive de concursados que pediram exoneração”, ressalta o presidente do Cremego, Salomão Rodrigues Filho, que chama a atenção dos secretários  para a importância de verificarem com antecedência a elaboração das escalas.

 

Conselho também orienta

os médicos sobre os plantões

O Cremego também orienta os médicos a observarem as escalas de plantão das unidades em que trabalham. O presidente do Conselho ressalta que deixar de comparecer a plantão em horário preestabelecido ou abandoná-lo sem a presença de substituto, salvo por justo impedimento, é uma infração ética.

Como já vem fazendo ao longo do ano, o Cremego estará atento ao funcionamento das unidades de saúde neste período de festas e férias.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.