O Cremego enviou um ofício ao prefeito de Goiânia, Paulo Garcia, e aos secretários municipais de Saúde, Elias Rassi Neto, e de Administração e Recursos Humanos, Paulo Roberto Manoel Pereira, pedindo a retificação do item do edital do concurso público para a contratação de médicos, que trata da remuneração. O valor previsto no edital é R$ 2.195,72, muito inferior ao piso de R$ 9.813,00, proposto pela Federação Nacional dos Médicos (Fenam) e defendido pelo Cremego como uma remuneração digna.

No ofício, o presidente do Conselho, Salomão Rodrigues Filho, afirma que o valor citado no edital, mesmo com o acréscimo de gratificações que chegam a 40% para quem tem título de doutorado, não é compatível com a formação acadêmica nem com as responsabilidades profissionais dos médicos. O Cremego pede a retificação do edital e a adequação da remuneração dos médicos ao piso da Fenam.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.