Buscando prevenir a ocorrência de infrações éticas, o Cremego orienta os médicos plantonistas a ficarem atentos ao cumprimento das escalas de trabalho durante o feriado de Carnaval. É que em períodos como esse, tem sido comum o registro de denúncias no Conselho relacionadas a faltas injustificadas de médicos nos plantões.

O Cremego alerta que deixar de comparecer ao plantão ou abandoná-lo sem a presença de substituto infringe o Código de Ética Médica e o médico infrator fica sujeito às penas previstas em lei. O Código de Ética Medica também estabelece que o médico não pode deixar de atender em setores de urgência e emergência, quando for de sua obrigação fazê-lo, expondo a risco a vida de pacientes, mesmo respaldado por decisão majoritária da categoria, nem se afastar de suas atividades profissionais, mesmo temporariamente, sem deixar outro médico encarregado do atendimento de seus pacientes internados ou em estado grave.

Portanto, para evitar transtornos, prejuízos aos pacientes e situações infracionais, o Cremego orienta os médicos escalados para plantões nesse período de Carnaval que não deixem de comparecer ao trabalho de forma injustificada.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.