Os médicos que atuam no Programa de Saúde da Família (PSF) de Aparecida de Goiânia paralisaram suas atividades no dia 16 de fevereiro. Nos próximos dias, caso a Secretaria Municipal de Saúde não atualize o pagamento dos salários, o movimento grevista poderá atingir também os médicos das unidades da rede pública de saúde do município, como os Cais e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A greve dos médicos que atuam em 35 equipes do PSF, distribuídas em várias regiões de Aparecida de Goiânia, foi deflagrada porque a Secretaria Municipal de Saúde não atendeu a reivindicação da categoria de recontratação imediata de cinco médicos – 4 do PSF e 1 do Samu – demitidos sem justa causa, logo após os profissionais denunciarem atrasos nos pagamentos de salários e a precariedade das condições de trabalho no município.

Na assembleia geral dos médicos, realizada no dia 9 de fevereiro, a categoria deu um prazo de 72 horas para que o município recontratasse os profissionais exonerados. Esse prazo não foi cumprido. O presidente do Cremego, Salomão Rodrigues Filho, também solicitou informações ao secretário Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia, Rafael Nakamura, sobre as demissões, que os médicos atribuem a retaliações por parte do órgão. Mas, até o momento, a secretaria não se posicionou sobre o assunto.

Os médicos também reivindicam a quitação dos salários em atraso e melhores condições de trabalho. As reivindicações já foram apresentadas à Secretaria Municipal de Saúde pela categoria e pelo Cremego, que defende também a aprovação de um Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos (PCCV) dos médicos do município.

 

 

Saiba mais sobre o Programa Saúde da Família

 

De acordo com o Ministério da Saúde, o Programa de Saúde da Família é uma estratégia de reorientação do modelo assistencial, operacionalizada mediante a implantação de equipes multiprofissionais em unidades básicas de saúde. Estas equipes são responsáveis pelo acompanhamento de um número definido de famílias, localizadas em uma área geográfica delimitada. As equipes atuam com ações de promoção da saúde, prevenção, recuperação, reabilitação de doenças e agravos mais freqüentes, e na manutenção da saúde desta comunidade.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.