O consumo de chás emagrecedores representa um grande risco para a saúde, podendo, inclusive, levar à falência de órgãos e à morte. O alerta é do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego), que afirma ser um mito a ideia de que os chás são naturais e, portanto, sem efeitos colaterais ou riscos.

 

A literatura médica, de acordo com o Cremego, aponta que combinações de ervas tanto para o emagrecimento quanto para outros fins ditos medicinais podem ser prejudiciais ao corpo, pois algumas apresentam um alto grau de hepatotoxicidade, causando sérios danos ao fígado.

 

Portanto, alerta o Conselho, para emagrecimento, consulte um médico.

 

(Texto aprovado RD 11/03/22)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.