O Cremego conta com um canal direto de comunicação para orientar e esclarecer dúvidas da população e da classe médica. Trata-se da Ouvidoria, que funciona de domingo a domingo, sem interrupção, inclusive à noite e nos finais de semana. O atendimento é feito por telefone e e-mail.

O coordenador da Ouvidoria, conselheiro Erso Guimarães, conta que os ouvidores recebem, em média, de 50 a 60 telefonemas por dia, além dos e-mails. Cerca de metade dessas consultas são feitas por pacientes.

Cinco conselheiros – Erso Guimarães; o diretor de Fiscalização do Cremego, Ciro Ricardo Pires de Castro; o corregedor de Processos, Lueiz Amorim Canêdo; Reginaldo Bento Rodrigues e Robson Azevedo – se revezam no atendimento telefônico.

As ligações feitas para o número fixo são automaticamente transferidas para o celular do ouvidor de plantão. Se por algum motivo a ligação não é atendida, o telefonema é repassado para o celular do coordenador.

As consultas através do e-mail são respondidas pelo secretário do Cremego, Fernando Pacéli Neves de Siqueira. Se necessário, o interessado ainda pode agendar um atendimento presencial na sede do Conselho.

Erso Guimarães explica que os ouvidores resolvem cerca de 60% das demandas. O restante é referente a denúncias ou outras queixas que são encaminhadas para os setores responsáveis no Cremego para que as providências sejam tomadas.

“A meta é nunca deixar sem resposta o médico ou o paciente que procura a Ouvidoria”, diz o coordenador, ressaltando que muitas ações desenvolvidas pelo Cremego são deflagradas a partir de denúncias e dúvidas registradas pelos ouvidores.

 

Ouvidoria do Cremego

(62) 3250 4930

ouvidoria@cremego.org.br

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.